jardim jardin secret

Pátios e jardins de Marraquexe o Riad

Quem visita Marraquexe e percorre a azáfama diária nas ruas da Medina não pode ficar indiferente à sensação de entrar num Riad. 

Hoje em dia, na sua maioria transformados em alojamentos turísticos os Riads são habitações típicas marroquinas, geralmente no centro da cidade.

 

São edifícios com mais do que um andar e desenvolvem-se na forma de um quadrado, retângulo ou em U, sendo estruturados em torno de um pátio central, que poderá ser um jardim ou conter um elemento de água. 

 

Fechando-se totalmente para o exterior, este tipo de casas foram construídas muito próximas umas das outras, as suas paredes altas e um único acesso para o exterior garantem a privacidade no interior de cada uma delas. 

 

Um Riad é assim uma habitação com um pátio por onde flui o ar, entra a luz do sol e até os pássaros. 

Depois de o ter experienciado, posso dizer que entrar neste tipo de habitações e ver o pátio é mesmo como uma lufada de ar fresco, um lugar calmo e relaxante, onde a água corrente, quase sempre presente nos dá uma sensação de frescura. 

 

Com estas características, não é de admirar que Riad signifique Jardim em Árabe, estes podem ser verdadeiros oásis nos centros urbanos. 

Em Marrocos existem dois tipos de habitação semelhantes, os Riads e os Dar, sendo que os primeiros terão um jardim ao centro e os segundos um pátio pavimentado. 

 

As habitações têm paredes, chão e até mobiliário absolutamente trabalhados. Podemos apreciar os diferentes Zellige, os mosaicos cerâmicos estonteantes que caracterizamos de estilo Marroquino. 

 

Os Riads, inspirados no modelo típico árabe-andaluz, com origem nas vilas urbanas romanas,  poderão ser um modelo a seguir para as cidades de hoje, na medida em que serão cada vez mais densas e onde se verifica um aumento das temperaturas, um pátio deste tipo poderá ser um refúgio para quem habita um prédio e cujo jardim público mais perto se encontra longe. 

 

Abaixo mostro algumas imagens de Riads que tive a oportunidade de visitar. Marraquexe também é uma perdição no que toca a jardins, o próximo artigo será sobre alguns deles, absolutamente inspiradores.

Post a comment: